Escola de Verão de
Matemática, Estatística e Computação
Instituto Superior Técnico — Julho 14 a 16 de 2014

Logo da Escola de Verão

 

EVMEC 2014
Not available in English

Se estás a terminar o ensino secundário e tens um gosto especial pela matemática, já pensaste o que fazer a seguir?

Escola de Verão de Matemática, Estatística e Computação (EVMEC) do Instituto Superior Técnico, na sua 2ª edição, pretende ajudar-te na tua escolha. Nesta escola vais encontrar um ambiente estimulante, onde professores e antigos e atuais alunos da Licenciatura em Matemática Aplicada  e Computação (LMAC) do IST vão falar de matemática, das suas aplicações, saídas profissionais e investigação. Terás ainda tempo e espaço para olhar, ouvir e pensar mais além.

A EVMEC, que decorrerá de 14 a 16 de Julho de 2014, está aberta a todos os alunos interessados, que estejam a terminar o 11º ou o 12º ano.

Alunos de fora da região de Lisboa podem candidatar-se a apoio financeiro para despesas de alojamento.

O prazo de inscrição termina a 7 de Julho e a confirmação de aceitação será comunicada a 9 de Julho.

Apresentações e mini-cursos

Os ícones video e pdf abaixo dão acesso a vídeos da sessão e outros documentos de interesse.

Debate

Haverá um debate sobre A Matemática e os Desafios do Mercado de Trabalho: Perspetiva dos Antigos Alunos, na 2ª-feira, 14 de Julho, das 17h às 19h.

Programa

Todas as sessões decorrem na sala P3.10 do Pavilhão de Matemática.

Organização

Leonor Godinho, António Pacheco, M. Rosário de Oliveira e Ana Leonor Silvestre.

evm@math.tecnico.ulisboa.pt

Apoios

CAMGSD CEAF CEMAT IT

FCT

 
Schedule
 Mon, 14 Jul 2014Tue, 15 Jul 2014Wed, 16 Jul 2014

09:30

Miguel Abreu, Leonor Godinho, Ana Leonor Silvestre e Núcleo de Estudantes de MatemáticaO que é a LMAC?

Actividades Livres — Preparação das Apresentações
(9:30 - 11:00)

10:00

José Natário
Instituto Superior Técnico
O GPS e a Teoria da Relatividade

11:00

Café

Apresentações pelos alunos
(11:00 - 12:30)

11:30

Conceição Amado
Instituto Superior Técnico
Ver para além da terceira dimensão

12:30

Almoço (12:30-14:00)

Encerramento

14:00

Boas vindas

José Félix Costa
Instituto Superior Técnico
Matemática dos Labirintos

14:30

Roger Picken
Instituto Superior Técnico
Sejamos racionais com o nosso RNA!

15:00

Maria João Borges
Instituto Superior Técnico
Dido e o Cálculo de Variações

Actividades Livres — Preparação das Apresentações
(15:00 - 16:30)

15:30

Café

16:00

Carlos Alves
Instituto Superior Técnico
Representar números

16:30

Tiago HirthRecreações Matemáticas

Café

17:00

Debate (17:00 - 19:00)
A Matemática e os Desafios do Mercado de Trabalho:
Perspetiva dos Antigos Alunos
.
Moderador: Manuel Ricou.

Sejamos racionais com o nosso RNA!
Roger Picken
Roger Picken

A topologia é a teoria matemática das formas elásticas, com aplicações por exemplo nas formas assumidas por bio-moléculas como RNA. Tem desafios muito estimulantes para matemáticos, em particular a classificação de todas as formas de um determinado tipo. Nesta apresentação vamos ver como duas cordas interligadas podem ser classificadas pelos números racionais.

Dido e o Cálculo de Variações
Maria João Borges
Maria João Borges

Iremos fazer uma pequena introdução ao Cálculo de Variações. Começaremos por contar a Lenda da princesa Dido e da fundação da cidade de Cartago. Esta história está associada ao Teorema Isoperimétrico:

Dado $x$, qual a figura do plano de perímetro $x$ com maior área?

Falaremos sobre este problema e a sua solução. Isto servirá para definir o objecto de estudo do Cálculo de Variações. De seguida falaremos do problema do braquistocrono e de alguns dos problemas clássicos de minimização.

Representar números
Carlos Alves
Carlos Alves

O que visualizamos no ecrã de um computador é armazenado como um número, em notação binária, sob a forma de bytes. Toda a informação que produzimos e podemos guardar em computadores pode também ser considerada como um único número racional entre $0$ e $1$. Por mais que aumentemos essa informação apenas acrescentamos um número finito de bytes, de dígitos, continuando a poder ser representada como um número racional. 

Há mais informação no número $\pi$ do que aquela que alguma vez poderemos produzir?

A representação de números pode ser descodificada de diversas maneiras, desde palavras a imagens, ou até a uma sequência de DNA. Cada número guarda uma informação própria e podemos vê-la de diversas maneiras... por exemplo, com "curlicues". Porém, sem descodificador humano, essa informação será sempre vista como finita... Onde está então o infinito? 

Veremos então os "números que podemos representar"… 

Recreações Matemáticas
Tiago Hirth

David Hilbert terá dito que a matemática é um jogo que se joga segundo regras simples com marcas sem significado em papel. É certamente o maior jogo de todos que jogamos por livre vontade. Neste seminário propomo-nos a dar uma vista de olhos à matemática recreativa, que foca o lado lúdico da matemática. Daremos alguns exemplos e aconselhamos que tragam um baralho de cartas para verem que não é só em papel que se faz demonstrações matemáticas.

O que é a LMAC?
Miguel Abreu, Leonor Godinho, Ana Leonor Silvestre e Núcleo de Estudantes de Matemática
Miguel Abreu, Leonor Godinho, Ana Leonor Silvestre  e Núcleo de Estudantes de Matemática

O GPS e a Teoria da Relatividade
José Natário
José Natário

Neste mini-curso explicaremos o funcionamento geral do GPS, e a Matemática, muito simples, da determinação da posição do receptor a partir dos sinais dos satélites. Depois analisaremos duas das correcções mais interessantes que é necessário aplicar no cálculo da posição correcta: as correcções devidas à dilatação do tempo para relógios em movimento e para relógios num campo gravitacional.

Ver para além da terceira dimensão
Conceição Amado
Conceição Amado

Dispor de informação não chega! É preciso processá-la, entendê-la, encontrar padrões, para que esta nos seja útil. A complexidade dos problemas não se rende às nossas capacidades, limitadas a 3 dimensões. E em geral, estes são descritos por espaços de elevada dimensão. Como representar esta informação de forma a ser inteligível para nós? Uma possível resposta é dada por diversas técnicas de visualização, que serão ilustradas utilizando um software estatístico de utilização e código livres: o R.

Matemática dos Labirintos
José Félix Costa
José Félix Costa

Há problemas do dia-a-dia que parecem ser da Matemática mas, no entanto, nem a geometria, nem a álgebra, nem mesmo a arte de contar são suficientes para os resolver. A Matemática manifesta-se não apenas como ciência do espaço e dos números, mas também como ciência das coisas que não são números, nem necessariamente formas geométricas. Nesta sessão vamos rever a história de Dédalo que, a pedido do Rei Minos, construiu o Labirinto de Creta para aprisionar o Minotauro, e estudar como se constroem labirintos e como se sai deles quando nos perdemos.