Escola de Verão de
Matemática, Estatística e Computação
Instituto Superior Técnico — Julho 22 a 24 de 2013

Logo da Escola de Verão

EVMEC 2013

Se estás a terminar o ensino secundário e tens um gosto especial pela matemática, já pensaste o que fazer a seguir?

A Escola de Verão de Matemática, Estatística e Computação (EVMEC) do Instituto Superior Técnico, na sua 1ª edição, pretende ajudar-te na tua escolha. Nesta escola vais encontrar um ambiente estimulante, onde professores e antigos e atuais alunos da Licenciatura em Matemática Aplicada  e Computação (LMAC) do IST vão falar de matemática, das suas aplicações, saídas profissionais e investigação. Terás ainda tempo e espaço para olhar, ouvir e pensar mais além.

A EVMEC, que decorrerá de 22 a 24 de Julho de 2013, está aberta a todos os alunos interessados, que estejam a terminar o 11º ou o 12º ano.

Alunos de fora da região de Lisboa podem candidatar-se a apoio financeiro para despesas de alojamento.

O prazo de inscrição termina a 18 de Julho e a confirmação de aceitação será comunicada a 19 de Julho.

Apresentações e mini-cursos

Os ícones video e pdf abaixo dão acesso a vídeos da sessão e outros documentos de interesse.

Debate

Haverá um debate sobre A Matemática e os Desafios do Mercado de Trabalho: Perspetiva dos Antigos Alunos, na 3ª-feira, 23 de Julho, das 17h às 19h, moderado por Paulo Mateus.

Programa

Todas as sessões decorrem na sala P3.10 do Pavilhão de Matemática.

Organização

Leonor Godinho, António Pacheco, M. Rosário de Oliveira e Ana Leonor Silvestre

evm2013@math.ist.utl.pt

Apoios

CAMGSD CEAF CEMAT IT

FCT

 

Calendário
 Seg, 22 Jul 2013Ter, 23 Jul 2013Qua, 24 Jul 2013

09:30

Miguel Abreu, Leonor Godinho, Ana Leonor Silvestre e Núcleo de Estudantes de MatemáticaO que é a LMAC?

Actividades Livres — Preparação das Apresentações
(9:30 - 11:00)

10:00

Ana Moura
Instituto Superior Técnico
As matrizes por detrás do Google

11:00

Café

Apresentações pelos alunos
(11:00 - 12:30)

11:30

Conceição Amado
Instituto Superior Técnico
Ver para além da terceira dimensão

12:30

Almoço (12:30-14:00)

Encerramento

14:00

Boas vindas

Roger Picken
Instituto Superior Técnico
Máquina de calcular com duas cordas

14:30

João Pimentel Nunes
Instituto Superior Técnico
A Matemática e o Universo

15:00

Jorge Drumond Silva
Instituto Superior Técnico
A Matemática da física

Actividades Livres — Preparação das Apresentações
(15:00 - 16:30)

15:30

Café

16:00

José Natário
Instituto Superior Técnico
A geometria escondida

16:30

António Pacheco
Instituto Superior Técnico
Há filas de espera sem stress! Mito ou realidade?

Café

17:00

Debate (17:00 - 19:00)
A Matemática e os Desafios do Mercado de Trabalho:
Perspetiva dos Antigos Alunos

Moderador: Paulo Mateus

A Matemática e o Universo
João Pimentel Nunes
João Pimentel Nunes
Do átomo à galáxia, o universo é descrito em linguagem matemática. Vamos ver brevemente algumas dessas ideias matemáticas e surpreender-nos com as suas aplicações na descrição do universo

A Matemática da física
Jorge Drumond Silva
Jorge Drumond Silva
Como a matemática surge da observação do mundo que nos rodeia: da aritmética das ovelhas num rebanho até ao cálculo diferencial da Mecânica de Newton.

A geometria escondida
José Natário
José Natário
Existe geometria em tudo o que nos rodeia, mas muitas vezes está escondida. Nesta palestra veremos vários exemplos disto, desde situações do quotidiano até à astrofísica.

Há filas de espera sem stress! Mito ou realidade?
António Pacheco
António Pacheco
As filas de espera estão por toda a parte no mundo contemporâneo. Elas podem ser bem visíveis (e.g., filas de utentes na Loja do Cidadão) ou invisíveis (e.g., filas de pacotes de dados em servidores da Internet), contudo todas elas têm o PODER de gerar stress nos clientes, quando estes ficam retidos nas mesmas, e nos provedores de serviço, quando têm utilização reduzida. Nesta comunicação vamos ver como é que a Matemática pode ajudar a reduzir a níveis toleráveis o stress dos clientes de um fila de espera sem levar à falência/desespero o provedor do serviço associado.

As matrizes por detrás do Google
Ana Moura
Ana Moura
Vamos portar-nos como um utilizador com tempo livre para viajar de página em página da Internet... Cada página da Internet é um nó da rede World Wide Web, que conhecemos por www e por sua vez, cada ligação entre páginas www é feita com hyperlinks. Os matemáticos falam de modelos análogos, chamando-lhes grafos com um conjunto de nós que, neste caso, são as páginas www, e de arestas dirigidas que são as ligações ou links (hyperlinks) entre elas e descrevem isto com matrizes. O que são e para que servem as matrizes no motor de busca do Google?

Ver para além da terceira dimensão
Conceição Amado
Conceição Amado
Dispor de informação não chega! É preciso processá-la, entendê-la, encontrar padrões, para que esta nos seja útil. A complexidade dos problemas não se rende às nossas capacidades, limitadas a 3 dimensões. E em geral, estes são descritos por espaços de elevada dimensão. Como representar esta informação de forma a ser inteligível para nós? Uma possível resposta é dada por diversas técnicas de visualização, que serão ilustradas utilizando um software estatístico de utilização e código livres: o R.

Máquina de calcular com duas cordas
Roger Picken
Roger Picken
Vamos construir uma máquina de calcular meramente com duas cordas e 4 voluntários para as manipular! Um craque a fazer contas também dá jeito. O que está por trás é a topologia (teoria matemática das formas elásticas), com muitas aplicações.